EN FR PT ES

Declaração de Voto – Aprovação do Relatório de Contas de 2021 da Valorlis

20 Julho, 2022

Declaração de Voto – Aprovação do Relatório de Contas de 2021 da Valorlis – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos, S.A.

“A Valorlis desenvolve a sua atividade de recolha e tratamento de resíduos recicláveis e de resíduos indiferenciados na área de intervenção que corresponde aos concelhos de Batalha, Leiria, Marinha Grande, Ourém, Pombal e Porto de Mós, tendo apresentado o Relatório e Contas da atividade desenvolvida em 2021.

Consultando o Relatório e Contas da Valorlis, relativo ao ano de 2021, pode-se constatar o dinamismo e os bons resultados desta empresa, para o qual também contribuíram os Municípios acionistas. 

No que diz respeito aos resíduos recicláveis, no final de 2021, a Valorlis tinha instalados 1.763 ecopontos e 2.224 pontos de recolha, sendo 260 ecopontos e 343 pontos de recolha em Ourém. Ao todo a empresa fez 485.277 Km, em 4.574 circuitos de recolha.  

Nas três estações de transferência da Batalha, Ourém e Pombal, ocorreu um acréscimo de 4% na recolha de resíduos sólidos em 2021, respetivamente de: 12.528; 13.825 e 15.713, no total de 42.067 toneladas.

A Valorlis, em 2021 recolheu 15.793 toneladas na recolha seletiva multimaterial (15.009 em 2020 e 13.747 em 2019), que corresponde a um aumento de 6%. O maior aumento verificado foi na fileira do vidro, mais 8% do que no ano anterior. O valor global atingido pela recolha seletiva na área da Valorlis foi de cerca de 52 kg/hab.ano. Se considerarmos apenas os resíduos recolhidos nos ecopontos e ilhas ecológicas, os resultados estão na tabela seguinte:

Em relação aos resíduos urbanos recebidos, a Valorlis recebeu nas suas instalações 116.325 toneladas, que correspondem a decréscimo de 1%, contrariando a tendência que se vem a verificar desde 2013. No caso de Ourém, ocorreu um aumento de 1%, devido à retoma da atividade turística em Fátima. Ourém entrega 12% dos resíduos totais da Valorlis.

Os resíduos urbanos podem ser recebidos na Central de Tratamento Mecânico e Biológico (CTMB) e os restantes no Aterro Sanitário de Leiria. Na CTMB produz-se corretivo orgânico e também energia elétrica, a partir do biogás. 

Em 2021 foi atingido um novo máximo de processamento de Resíduos Urbanos (RU) na Central de Tratamento Mecânico e Biológico (CTMB), de 100.301 toneladas (2020 – 75.827 toneladas, paragem de três meses devido à Covid 19 e em 2019 – 99.508 toneladas).

A CTMB produz corretivo orgânico, tendo sido produzidas 2.700 toneladas durante o ano de 2021, das quais 93% foram comercializadas e as restantes cedidas aos municípios. A receita da venda do composto foi de 43 mil euros em, 2021.

No Aterro Sanitário de Leiria foram rececionadas, em 2021, 114.185 toneladas de resíduos sólidos, representando um aumento face ao ano anterior.

Relativamente ao biogás, que é produzido na CTMB e no Aterro Sanitário, durante o ano de 2021 foram injetados 14 GWh de energia elétrica no Sistema Elétrico Público (SEP), observando-se um acréscimo de 24% relativamente a 2020, representando o segundo melhor ano de venda de energia da história da Valorlis, no montante de 1.696 mil euros. Para se ter uma ordem de grandeza, 14 GWh correspondem a 14 000 000 000 Wh, sendo que o edifício da Câmara Municipal consumiu em 2021, 250 000 000 Wh (56 vezes o valor). Esta energia permitiu poupar cerca de 4.000 toneladas de petróleo para a produção de energia e reduzir as emissões de Gases com Efeito de Estufa (GEEE), de cerca de 3.200 toneladas equivalentes de CO2, para a atmosfera.

Em 2021, as três metas definidas no PERSU 2020 para a Valorlis foram atingidas ou ultrapassadas pela empresa. Na meta de Preparação para Reutilização e Reciclagem, o valor atingido foi de 47% e a meta era de 38%. Na meta de Deposição de RUB em Aterro, o resultado obtido foi de 48%, ultrapassando em 2%, a meta de 50%. A meta de Retomas de Recolha seletiva foi cumprida, de 49 Kg/hab.ano.

No ano de 2021, a Valorlis efetuou várias campanhas de sensibilização ambiental, algumas em Ourém, destacando-se as realizadas na Praia do Agroal, no âmbito da Bandeira Azul.

Sobre o despenho financeiro, o volume de negócios da Valorlis em 2021 foi de 8.078 mil euros, o que representa uma evolução de 1% face ao ano anterior. O resultado líquido do exercício em 2021 foi de 175 948 euros, menor do que em 2020, contudo teve em consideração o aumento de 5% com gastos com o pessoal e o aumento de combustíveis, que se verificou em 2021. 

Em 2020 foi aprovada uma candidatura de 6.046 mil euros (Aviso POSEUR 11-2019-26), com uma taxa de financiamento de 85%, encontrando-se o investimento em execução. Em 2021 foram feitos investimentos no montante de 1.602 mil euros, destacando-se: o aumento da capacidade de valorização orgânica da CTMB; a aquisição de compositores domésticos; substituição de viaturas e equipamentos; e a aquisição de ecopontos, entre outros. 

Para 2022, destacam-se os seguintes desafios por parte da Valorlis:

  1. Execução da Fase I, do Plano de Investimentos aprovado para 2022, que inclui:
    1. Obra em curso de aumento da capacidade da CTMB, para permitir o tratamento de biorresíduos entregues pelos Municípios;
    2. Aquisição de viaturas de recolha seletiva e substituição de variados equipamentos em final de vida útil;
    3. Intervenções várias ao nível do edificado e obra civil existente.
  2. Elaboração do Plano de Ação no âmbito do PERSU 2030, que servira de base para a elaboração da parte II do Plano de Investimentos para cumprimento das metas.

Pelo que foi relatado verifica-se que a obrigação e a oportunidade dos anos vindouros prendem-se com a capacidade de os Municípios dinamizarem e envolverem a população para nova recolha seletiva de biorresíduos, cujos resíduos são diretamente enviados para valorização da CTMB, com mais valias em termos da Valorização orgânica e venda de energia elétrica.

Por consequente, 20 anos após o início da reciclagem já muito foi feito, mas há ainda um longo caminho a percorrer até se atingirem as metas propostas no PERSU 2030.”

Partilhar:

Veja também

Mapa do Site Acessibilidade CMOurém © 2022 - Todos os direitos reservados