EN FR PT ES

Declarações apresentadas na Reunião da Câmara – 4 julho

5 Julho, 2022
X Workshops Internacionais de Turismo Religioso

De 21 de 25 de junho de 2022, realizaram-se no concelho de Ourém, os Workshops Internacionais de Turismo Religioso.
Numa organização da ACISO – Associação Empresarial Ourém-Fátima, em parceria com o Município de Ourém e um conjunto de alargado de entidades: Santuário de Fátima; o Município da Guarda; Turismo de Portugal; ERTCentro Portugal; ARTCentro Portugal; ARPT Porto e Norte; ARPT Alentejo; Turismo de Lisboa; TAP; CCDR Centro; Politécnico de Leiria; Escola de Hotelaria de Fátima; hotéis, restaurantes, entre outros.
Além do apoio financeiro, o Município de Ourém colaborou na logística bem como assegurou as visitas (tours) dos dias 21 e 25 de junho promovendo os recursos turísticos. Foi mais de uma centena de operadores que puderam comprovar as potencialidades dos recursos turísticos ao integrarem as propostas / pacotes turísticos destes operadores.
Em termos estatísticos, a 10ª edição dos Workshops Internacionais de Turismo Religioso, contou com a participação de 122 hosted buyers, 123 suppliers e 41 expositores de diversas entidades e empresas nacionais e internacionais das áreas do Turismo. Participaram na sessão e conferência inaugural realizadas na manhã do primeiro dia 500 pessoas (incluindo as atrás referidas). Numa tenda instalada no parque junto do Centro Pastoral de Paulo VI, tiveram lugar as reuniões profissionais, num total de 4.420 reuniões pré-agendadas, e as visitas aos espaços de exposição.
Neste ano em que se comemorou o 10º aniversário deste evento, o Workshop assumiu-se como uma referência e possibilitou a promoção do Município ao nível internacional. É, pois, de relevar a qualidade organizativa e as mais-valias que este evento concede. Considera-se de salientar a excelência da organização e de formular um agradecimento a todas as entidades que possibilitam a realização dos Workshops Internacionais de Turismo Religioso, com especial relevância à ACISO.

 

 

Voto de reconhecimento
Taberna do Zé Cristino:

Taberna do Zé Cristino – No passado dia 25 de junho, no Hotel dos Templários em Tomar, a propósito da 10.ª edição da “Gala dos Vinhos do Tejo 2022” foram feitas diversas distinções e atribuição de prémios a entidades vitivinícolas e a restaurantes que participam no concurso ‘Tejo Gourmet’, o qual visa destacar os restaurantes com as melhores harmonizações entre os seus pratos e os vinhos da Região do Tejo.
Deste concurso, resultou uma distinção muito honrosa para a Taberna Zé Cristino da Pederneira já que venceu o “Prémio Revelação”.
Reconhecendo que este evento configura uma grande montra para o que melhor se faz no âmbito vitivinícola e gastronómico na região, premiando os melhores produtos e as melhores empresas produtoras e criadoras.
É devida uma palavra aos proprietários, cozinheiros e todos os colaboradores deste restaurante da nossa terra pela distinção obtida que, evidentemente, merece o nosso distinto reconhecimento e regozijo, pela qualidade e excelência, e que muito honra e prestigia o Município de Ourém.
Caso seja aprovado, o teor deste voto deve ser dado conhecimento à “Taberna do Zé Cristino”.

 

 

Declaração: Visita aos Países Baixos no âmbito da Economia Circular

No âmbito de possibilitar um maior conhecimento e verificação de iniciativa em prática em curso em países da união europeia, no que se refere à economia circular, foi promovida pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT), uma visita aos países baixos onde foi possível o contacto direto com ações concretas.
Congratulamo-nos com a iniciativa e consideramos muito importantes as ações apontadas para a reflexão, nomeadamente:
Desenvolvimento de um plano intermunicipal para a região;
Criação de estruturas a fim de potenciar o desenvolvimento do tema;
Inovação no aproveitamento de resíduos de modo a demonstrar que o Médio Tejo é um player importante na economia circular, dando-lhe a respetiva visibilidade;
Existem diversas iniciativas que poderão ter apoios financeiros da União Europeia, nomeadamente com a participação no Urbact e no Portugal 2030.
Entendemos que a CIMT deverá ser o órgão aglutinador e percursor de um plano intermunicipal para o qual, o município de Ourém se dispõe e empenha em colaborar, fazendo parte desse grande desafio que é potenciar a economia circular no seu território.

 

 

Confraria do Vinho Medieval de Ourém

A Vitiourém – Associação de Promoção da Vitivinicultura de Ourém, apresentou no passado dia 30 de junho a Confraria do Vinho Medieval de Ourém.
É objetivo da Confraria a promoção e defesa deste património histórico que é o Vinho Medieval de Ourém – uma marca única e relevante do Concelho de Ourém e que deve ser um dos embaixadores privilegiados deste Concelho.
Entronizada pela Confraria do Arinto de Bucelas, a Confraria Medieval de Ourém conta com 30 Confrades Fundadores e sete Confrades de Mérito.
A Câmara Municipal de Ourém foi elevada ao estatuto de Confrade de Mérito, pelo papel de relevo em todo o processo de criação da DOP Medieval de Ourém e também pelo contributo ativo na projeção do Vinho Medieval de Ourém.
A Vitiourém-Associação de Promoção da Vitivinicultura do Concelho de Ourém juntamente com o Município de Ourém,  tem vindo  ao longo dos anos a trabalhar para a promoção e defesa do Vinho Medieval de Ourém, cujo método de produção é certificado e tem origens que remontam á fundação da nossa nacionalidade, quando foi instituída em Portugal a ordem de Cister liderada por Bernardo de Claraval, cujos monges trouxeram para o nosso país os novos métodos de fazer agricultura e onde se incluiu também a produção de vinho.
Os vinhos Medievais de Ourém mantêm hoje em dia o mesmo método que era utilizado há 850 anos e por isso é considerado um vinho único uma vez que é apenas no concelho de Ourém que o método de produção se manteve inalterado desde a época da fundação. É importante por isso manter, preservar e valorizar este património e daí a razão da criação da Confraria do Vinho Medieval de Ourém, estando já na mira que numa fase posterior venha também a ser instituída uma Câmara de Provadores, para complementar o trabalho já efetuado e apoiar localmente os pequenos viticultores para que vejam o seu produto valorizado em termos de mercado, e assim mantenham vivo este património que importa preservar.
O Município de Ourém considera a criação da confraria do Vinho Medieval de extrema importância para a valorização e preservação do nosso património histórico e cultural, mas também do seu potencial económico para o concelho, assumindo como missão a promoção do mundo rural e produtos endógenos.

 

 

Centro Desportivo de Fátima

Dois anos após o regresso do Centro Desportivo de Fátima às competições oficiais, a equipa sénior sagrou-se campeã distrital da II Divisão da Associação de Futebol de Santarém.
Nesta que era a derradeira jornada da competição, o Fátima venceu o Águias de Alpiarça.
De salientar que o Fátima se sagra campeão com uma equipa composta por atletas formados no clube o que torna esta conquista ainda mais importante, confirmando-se assim o importante trabalho que está a ser desenvolvido no clube, nos escalões de formação.
O Município de Ourém felicita o Centro Desportivo de Fátima pelo brilhante regresso à competição que acaba de lhe valer o título de campeão distrital.

 

 

Grupo Desportivo e Cultural de Seiça

Os jogadores do Grupo Desportivo e Cultural de Seiça a disputar o Campeonato Nacional do INATEL deram uma verdadeira prova de fair-play no passado dia 18 de junho, nos oitavos de final da partida disputada no campo da Associação Cultural e Desportiva de Cano, em Sousel.
Ao aperceber-se que o golo resultava de falta não assinalada pelo árbitro e que deixou um dos jogadores adversários lesionado, como forma de compensar a equipa da casa e num momento de verdadeiro fair-play, quando a bola vai ao centro para retoma da partida os jogadores do Seiça não se mexeram dos seus lugares, dando a possibilidade ao adversário de empatar a partida.
São momentos e atitudes como esta que fazem do futebol o desporto-rei, mas acima de tudo, é nestes momentos que fica provado que muito mais importante que os resultados é a empatia, solidariedade e humanidade que deve prevalecer entre atletas, e todos os intervenientes.
Esta postura, que, aliás, tem sido a mesma com que o Seiça tem vindo a encarar a sua participação na prova, enche-nos de orgulho, e é verdadeiramente inspiradora para todos nós e, em especial, para quem pratica desporto de competição, tendo-se tornado num verdadeiro exemplo a seguir pelos desportistas do concelho.
Obrigado ao Seiça pelo exemplo de fair-play. Apesar de ser o menos importante, o clube ouriense acabou por vencer o jogo nas grandes penalidades por três golos sem resposta.

 

 

Concurso Uma Aventura… Literária 2022

Em 2022 assinalaram-se os 40 anos da coleção Uma Aventura, de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada.
O Concurso “Uma Aventura… Literária 2022”, promovido pela Editorial Caminho, destinou-se a alunos do pré-escolar, 1.º ciclo, 2.º ciclo, 3.º ciclo e secundário e apresentou 6 modalidades: Texto Original, Crítica, Desenho, Olimpíadas da História, Recomendação de Leitura e Teatro na Rádio (nova modalidade).
A edição deste ano recebeu 12798 trabalhos em várias modalidades.
Um aluno do Centro Escolar de Ourém Nascente foi premiado pelo trabalho apresentado, na modalidade de texto original complementado com desenho.
A turma do 4°A do Centro Escolar de Santa Teresa ganhou o 1° prémio em ex-aequo com duas turmas na modalidade de Crítica, trabalho coletivo.
O Município de Ourém felicita todos os alunos que participaram e em especial os premiados, assim como os docentes, pelo empenho e dedicação, que contribuem seguramente para um pleno desenvolvimento dos alunos.
Muitos parabéns a todos!

 

 

Declaração: Selo Escola Amiga da Criança

O projeto Escola Amiga da Criança está integrado numa iniciativa conjunta da CONFAP (Confederação Nacional das Associações de Pais) e da LEYA (Grupo editorial multinacional português) e pretende distinguir as escolas que desenvolvem e concretizam projetos motivacionais no âmbito de diferentes áreas, através da partilha de boas práticas em diversas vertentes do conhecimento e da formação humana dos alunos.
Estas atividades têm muitas vezes associada uma componente solidária, contribuindo assim para o bem comum, e dessa forma sensibilizam as suas comunidades educativas, onde se integram alunos, docentes, não docentes e pais e encarregados de educação, para a dinamização de atividades orientadas para o outro.
No Concelho de Ourém todos os estabelecimentos escolares participaram nesta iniciativa e todas elas foram distinguidas com o Selo Escola Amiga da Criança.
Os projetos desenvolvidos abrangem diferentes áreas: Saúde; Desporto; Ambiente; Alimentação Saudável; Tecnologia; Escrita e Leitura; Educação para a Justiça; Educação Financeira; Ciências Experimentais e ainda projetos solidários no âmbito de “Uma associação de e para o bem comum”, entre muitos outros, contribuindo para uma cidadania de sucesso no contexto dos desafios colocados pela sociedade contemporânea.
O Município de Ourém congratula-se com as atividades realizadas, tão importantes para o desenvolvimento social e humano dos nossos alunos, e endereça os parabéns a todos os estabelecimentos escolares do concelho, pelas práticas desenvolvidas e pelas distinções atribuídas.
No final de mais um ano letivo, o Município dirige uma mensagem de agradecimento e reconhecimento a toda a comunidade educativa do concelho, pela dedicação, compromisso e empenho no exercício das funções.
A autarquia está consciente do papel importante que desempenha na educação e reitera a sua disponibilidade em continuar a apoiar as causas educacionais, considerando sempre que a educação é o caminho mais rápido para o progresso.
É através da educação que iremos reduzir as desigualdades, vencer os desafios e promover o desenvolvimento do nosso concelho.

 

 

Conselho Cinegético Municipal

O Conselho Cinegético Municipal de Ourém levou a efeito mais uma iniciativa, desta feita, a primeira Exposição de Cães de Caça que decorreu no último dia 26 de junho, no Parque da Cidade Dr. António Teixeira. Além da exposição de cães, na qual estiveram representados, na sua maioria, cães de parar, com especial ênfase para a raça podengo, contou ainda com duas demonstrações de cães de parar e mostra de especialidades gastronómicas relacionadas com a caça, asseguradas pelas tasquinhas da responsabilidade das associações de caçadores.

A exposição incluiu ainda uma palestra sobre cães de parar que contou com a presença do Dr. Pedro Cavaca e Caetano, conhecido Veterinário com larga experiência no treino de cães de parar e juiz internacional em campeonatos do mundo desta especialidade, e com as intervenções do Sargento Miguel Ribeiro da Associação “Juntos pelo Mundo Rural” e do Presidente da Direção desta mesma associação, Luís Gusmão. A sessão foi moderada pelo Dr. António Pereira, Veterinário Municipal.

O Município de Ourém congratula o Conselho Cinegético Municipal e as Associações de Caçadores e Agricultores, parceiros do evento, pela realização da Exposição e pelo trabalho que tem vindo a desenvolver, mantendo este Conselho dinâmico e proactivo, demonstrando que estas entidades, podem ser muito mais do que apenas órgãos consultivos, tornando-se na voz ativa da população e, no caso concreto do Conselho Cinegético, a voz da comunidade cinegética e a assunção de um papel preponderante na preservação ambiental e sustentabilidade.

Partilhar:

Veja também

Mapa do Site Acessibilidade CMOurém © 2022 - Todos os direitos reservados