EN FR PT ES

ANACOM detalha sobre desempenho de serviços e cobertura no concelho

27 Julho, 2020

A ANACOM apresentou, esta segunda-feira, o resultado da avaliação do desempenho de serviços móveis e de cobertura do concelho de Ourém, realizada pelos técnicos da Autoridade Nacional de Comunicações, entidade responsável pela regulação do sector, incluindo as comunicações eletrónicas e postais.

Luís Miguel Albuquerque, Presidente da Câmara Municipal de Ourém, recebeu a comitiva da ANACOM, liderada por João Cadete Matos, responsável máximo desta entidade. A visita do regulador das comunicações arrancou com uma reunião de trabalho, realizada no Salão Nobre do Edifício-sede do Município, contando igualmente com a presença dos Vereadores-executivos Natálio Reis, Sandra Nunes e Rui Vital.

A reunião antecedeu uma sessão aberta aos presidentes de todas as juntas de freguesia do concelho, durante a qual o Presidente da ANACOM procedeu à apresentação dos resultados do estudo em apreço, enquanto os técnicos responsáveis pela elaboração desta avaliação expuseram os moldes em que a mesma foi feita, detalhando sobre os respetivos critérios de análise e parâmetros obtidos.

Os trabalhos encerraram com uma conferência de imprensa conjunta, durante a qual Luís Miguel Albuquerque e João Cadete Matos procuraram esclarecer os jornalistas sobre os resultados desta avaliação do desempenho de serviços móveis e de cobertura no concelho de Ourém.

A análise contemplou o estudo da cobertura de serviços e tecnologia rádio, serviço de voz, serviço de dados, serviço de transferência de ficheiros, serviço de navegação na Internet, serviço de Youtube Video Streaming e latência de transmissão de dados, disponibilizados pelas operadoras MEO, NOS E VODAFONE.

De acordo com a amostra foram objeto de análise 1106 chamadas de voz, 6767 sessões de dados, 623.981 medições de sinal rádio, tendo sido percorridos 951 quilómetros por todo o concelho de Ourém, entre os dias 13 e 16 deste mês de julho.

As conclusões desta avaliação, essas, reconhecem que a cobertura de rede móvel é deficitária na maioria do território do concelho, justificando a preocupação dos dirigentes autárquicos. Luís Miguel Albuquerque reconheceu que a melhoria do serviço tem de ser uma prioridade.

“O serviço é claramente deficitário em grande parte do concelho, mas a Câmara Municipal não tem qualquer competência neste sector. Precisamente por isso, partimos para a sensibilização dos agentes decisores, nomeadamente a ANACOM, a quem cabe a regulação do sector das comunicações, e as próprias operadoras presentes no mercado português. Reunimos, recentemente, com a ALTICE (MEO) e pretendemos fazê-lo em breve com a NOS e a VODAFONE. O objetivo passa pela sensibilização para a necessidade de garantir melhor cobertura no concelho de Ourém, sabendo que grande parte do desenvolvimento económico passa por ter boas comunicações, o que não acontece neste momento, sobretudo na zona norte do concelho, mas não só. Se queremos convencer as pessoas e as empresas a investir no concelho, temos de garantir as melhores condições também ao nível das comunicações”, adverte o Presidente da Câmara Municipal.

Luís Miguel Albuquerque realça que a eficácia das comunicações tem reflexos em situações tão periclitantes como o combate aos incêndios: “Trata-se de uma questão fundamental para a própria Proteção Civil porque só uma cobertura eficaz será capaz de garantir as comunicações entre todos os agentes envolvidos no combate a um incêndio, por exemplo.”

Reconhecendo que a Câmara pode ter um papel decisivo na extensão da rede de cobertura, ao precaver a ampliação das mesmas através da construção de condutas próprias para a passagem dos cabos de fibra ótica, o Presidente da Câmara garantiu disponibilidade total do Município, anunciando que (pelo menos) três grandes empreitadas a iniciar em breve já levarão em conta esta necessidade. “A requalificação da Estrada de Leiria, a construção da ligação entre o IC9 e a Zona Industrial de Casal dos Frades, e a Ecovia Fátima-Ortiga, já terão essa situação prevista nos respetivos projetos”, garante Luís Miguel Albuquerque.

“Esta avaliação de desempenho dos serviços móveis e de cobertura decorreu de um convite realizado à ANACOM pela própria Câmara Municipal de Ourém”, revelou João Cadete Matos, lembrando que a Autoridade Nacional de Comunicações tem vindo a promover estudos idênticos na região Centro e Norte, no Alentejo, entre outras, embora não tenha por hábito proceder a estudos de pormenor exclusivos a um concelho, como o aquele que levou agora a cabo em Ourém, a pedido do Município.

A avaliação do desempenho de serviços móveis e de cobertura do concelho de Ourém justifica o reforço das ações de sensibilização junto das três operadoras com presença no concelho de Ourém, conforme atestou o Presidente da ANACOM, que anunciou novidades para breve, nomeadamente na estratégia de implementação do 5G, que prevê que as operadoras possam vir a ser obrigadas a investir na ampliação da rede de cobertura nas freguesias de todo o país. O objetivo, esse, passa por elevar a taxa de cobertura para 75% até 2023 e para 90% em 2025. A implementação do Roaming Nacional é outro dos grandes objetivos da ANACOM. “Não faz sentido que um turista estrangeiro venha a Portugal e disponha das três operadoras nacionais, enquanto um cidadão português que aqui resida só desfrute da operadora com a qual tem contrato, ficando sem rede sempre que se encontre numa zona não coberta pela mesma”, sublinha João Cadete Matos.

Migração da TDT

O processo de migração da TDT também mereceu a atenção de João Cadete Matos, tendo o Presidente da ANACOM alertado para a proximidade das datas em que as televisões do concelho deixarão de sintonizar os canais presentes na rede terrestre digital. “A migração da rede de emissores da TDT no concelho de Ourém terá início entre o final de agosto e o início de setembro. O emissor de Ourém passar do canal 56 para o 35, a 25 de agosto; o emissor de Fátima passará do mesmo canal 56 para o mesmo 35, mas a 31 de agosto; e o emissor de Alvaiázere passará a estará disponível no canal 44, a partir de 8 de setembro”, anunciou.

Partilhar:

Veja também

Mapa do Site Acessibilidade CMOurém © 2020 - Todos os direitos reservados