EN FR PT ES

Voto de Reconhecimento – Casa do Povo de Fátima

4 Fevereiro, 2020

A Reunião da Câmara de 3 de fevereiro aprovou, por unanimidade, um Voto de Reconhecimento à Casa do Povo de Fátima,
proposto pelo Presidente Luís Miguel Albuquerque, por ocasião do 50.º aniversário desta instituição

“A Casa de Povo de Fátima foi formalmente constituída em março de 1970, com ajuda de alguns fatimenses, em particular com um grande esforço de Luís Vieira Marques, tendo no seu início duas componentes: cultural e social. Importa salientar que o grande trabalho da Casa do Povo de Fátima nos primeiros anos de existência seria na componente social, tendo como objetivo a melhoria de vida dos trabalhadores rurais, proporcionando-lhe as mesmas regalias que os Centros de Segurança Social concediam aos restantes trabalhadores.

Neste âmbito social, foi também criado um curso de escolaridade para adultos e introduziu-se a primeira telescola na Freguesia de Fátima. Na componente cultural, a Associação veio construindo-se aos poucos, tentando ocupar o seu espaço no dia-a-dia dos fatimenses. Começou por organizar torneios de chinquilho, de damas e de sueca, e foi participando em torneios de futebol de salão e em corridas de atletismo. Criaram também um grupo de teatro e posteriormente, em 1977, apareceu o Rancho Folclórico da Casa do Povo de Fátima, ainda hoje o grande porta-estandarte desta Instituição.

Na década de 80 foi retirada à Casa do Povo a componente social, passando a mesma para a competência dos centros regionais da Segurança Social, e a instituição sentiu alguma estagnação, contudo, na década de 90 retomou a sua atividade e foi-se reinventando até aos dias de hoje. Foram efetuadas diversas remodelações nas instalações, dotando a instituição de melhores condições e permitindo o crescimento de atividades ao dispor da população.

Atualmente a Casa do Povo de Fátima possui várias atividades diárias ao dispor dos seus sócios, sejam eles adultos ou crianças: Pilates, Zumba e Zumba Kids, hiit Eleven, Om Shanting, Treino Funcional, Ginásio Cardio-fitness, hip-hop, Lu Jong, Folclore adulto e infantil, quizomba, danças latinas e ginástica hipopressiva. De salientar ainda, todas as outras iniciativas que vão decorrendo ao longo dos anos e que contribuem para manter bem vivas as nossas tradições locais, destacando “O Cantar dos Reis”, feito porta a porta pelo grupo de reiseiros da Associação, e o Festival de Folclore organizado anualmente com o apoio do Município de Ourém.

Neste ano de 2020, a Casa do Povo de Fátima, comemora 50 anos de existência e este é um feito que deve ser comemorado, recordando todos os órgãos sociais que por ali passaram, dando um pouco do seu tempo a esta causa que tanto nos é querida – o Associativismo.

Assim, e porque é nosso dever valorizar o trabalho que é efetuado por este tipo de Associações, pretendemos apresentar este Voto de Reconhecimento à Casa de Povo de Fátima, como agradecimento do trabalho desenvolvido e da cadência de atividades que demonstra em prol da população ao longo destes 50 anos da sua existência.
Estão de parabéns todas as pessoas que ao longo destes 50 anos passaram pelos órgãos sociais da Associação, contribuindo para o sucesso atual.”

Partilhar:

Veja também

Mapa do Site Acessibilidade CMOurém © 2020 - Todos os direitos reservados