EN FR PT ES

Venda Itinerante de Bens de Primeira Necessidade – Covid19

9 Abril, 2020

Considerando a publicação do Despacho n.º 2-A/2020, de 20 de março, publicado na sequência da declaração do ESTADO DE EMERGÊNCIA efetuada pelo Decreto do Presidente da República n.º 14-A/2020, de 18 de março, e tendo em consideração o Despacho n.º 3614-A/2020, de 23 de março, relativamente ao exercício das atividades de vendedores itinerante é necessário definir medidas a nível municipal.

 

Assim, determino:

· Face à dispersão do concelho e à proeminência de zonas rurais em todas as freguesias, permitir que se mantenham os locais de venda de produtos itinerantes;

· Essa venda itinerante fica resumida apenas a bens de primeira necessidade, por forma a garantir o acesso a bens essenciais pela população;

 

O presente despacho tem o parecer favorável da Autoridade de Saúde do Concelho de Ourém, sendo que, para melhor segurança dos clientes e vendedor, este tem de fazer uso de máscara e luvas descartáveis durante o ato de venda e ter consigo solução desinfetante para usar com frequência.

O presente despacho produz efeitos imediatos e vigorará durante o estado de emergência em que nos encontramos, sendo reavaliado em função da evolução epidemiológica e das orientações superiores.

 

O Presidente da Câmara

Luís Miguel Albuquerque

Partilhar:

Veja também

Mapa do Site Acessibilidade CMOurém © 2020 - Todos os direitos reservados