EN FR PT ES

Reunião de Câmara de 19 de agosto – Votos de pesar e de reconhecimento

20 Agosto, 2019

Na Reunião de Câmara de 19 de agosto, no período antes da ordem do dia, o Presidente da Câmara Municipal, Luís Miguel Albuquerque, apresentou um voto de pesar em memória de Alexandre Soares dos Santos, reconhecido empresário português com fortes ligações ao Concelho de Ourém. Por sua vez, a Vereadora Isabel Costa, usou a figura do voto de reconhecimento para enaltecer a iniciativa “Histórias de Nuno Álvares Pereira, Santo Condestável”, uma recriação histórica encenada pelo “Grupo de Teatro APOLLO” e “O NARIZ, Teatro de grupo” no passado dia 11, na capela de São Sebastião. Transcreve-se, a seguir, o teor das comunicações:

 

Voto de pesar pela morte de Alexandre Soares dos Santos 

Alexandre Soares dos Santos – No decorrer deste fim de semana, o país tomou conhecimento da partida de um dos maiores empresários portugueses. Alexandre Soares dos Santos fundador do grupo empresarial Jerónimo Martins e também da Fundação Francisco Manuel dos Santos foi uma figura incontornável da sociedade portuguesa devido ao sucesso económico granjeado, amplamente reconhecido através das condecorações com os graus de Grande Oficial da Ordem Civil de Mérito Agrícola, Industrial e Comercial (1992), Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique (2000), Grã-Cruz da Ordem do Mérito (2006) e Grã-Cruz da Ordem do Mérito Empresarial (2017) mas também pela intervenção cívica ativa e acutilante, sempre com enorme frontalidade e espírito crítico.

Sabendo publicamente da forte ligação que nutria pelo nosso concelho, pela sua Quinta da Parreira, é importante manifestar o nosso profundo sentimento pois é reconhecido que o seu grande percurso pessoal, empresarial e familiar se cruza com a história da nossa terra.

Neste momento de tristeza e dor, em que o concelho fica significativamente mais pobre, o Município apresenta um voto de pesar à família do Sr. Alexandre Soares dos Santos, com as mais sentidas condolências.

 

 

Voto de reconhecimento Peça de Teatro: “Histórias de Nuno Álvares Pereira, Santo Condestável” 

No passado domingo, dia 11 de agosto, a Capela de São Sebastião – Atouguia, acolheu a peça de teatro “Histórias de Nuno Álvares Pereira, Santo Condestável. O espetáculo teve a produção do Nariz – Teatro de Grupo. A autoria do texto é de Luís Mourão e a encenação de Pedro Oliveira. A interpretação coube a Luís Costa (Grupo de Teatro APOLLO), Nuno Crespo, Pedro Oliveira, Sónia Pedrosa (O NARIZ, Teatro de Grupo), e contou com as participações de elementos do Grupo de Teatro da Associação Sénior de Ourém e do Grupo Desportivo e Cultural de Seiça. O Município de Ourém organizou a iniciativa através da aquisição do espetáculo e do apoio à produção. O espetáculo abordou três momentos da vida do Santo Contestável: o guerreiro, o senhor feudal e o religioso. As guerras com Castela, as doações de condados e por fim o seu recolhimento no Convento do Carmo, foram as três estações representadas. A escolha do local e da data para a realização da peça de teatro resultou ainda do acampamento documentado das tropas do Condestável e do Rei D. João I na envolvente do templo, em 11 de agosto de 1385, aquando da incursão para a batalha de Aljubarrota.

O espetáculo voltará a repetir-se no dia 27 de setembro, por ocasião das Jornadas Europeias do Património, e será prioritariamente dirigido à comunidade educativa e à comunidade sénior de Ourém, servindo como meio de enriquecimento escolar e de envolvimento da comunidade na história de uma figura incontornável para o país e para Ourém.

O Município de Ourém propõe um voto de reconhecimento aos criadores, atores e demais participantes na produção deste espetáculo, incluindo o tecido associativo de Ourém. Congratula-se ainda com o contributo que esta criação teve para divulgação e o reconhecimento da vida e obra de Nuno Álvares Pereira (São Nuno de Santa Maria) e do seu papel no concelho de Ourém, aliado à oportunidade de se abrir a capela de São de Sebastião ao público e de a apresentar como um espaço de história e de cultura.

 

Partilhar:

Veja também

Mapa do Site Acessibilidade CMOurém © 2019 - Todos os direitos reservados