EN FR PT ES

Presidente aborda novidades da proposta de revisão do PDM

8 Maio, 2019

O Presidente da Câmara Municipal abordou as principais alterações constantes na proposta de revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) de Ourém.

Pouco depois de a proposta de revisão ter sido aprovada por unanimidade, Luís Miguel Albuquerque vincou que “a revisão do PDM vai ajudar a aumentar os índices de construção nos aglomerados consolidados”, assim como tenderá “a diminuir as construções onde não há aglomerados, nem infraestruturas”.

“Uma das alterações mais significativas é a requalificação dos espaços urbanos. Hoje em dia, os PDM tendem a consolidar o que já existe em termos de infraestruturas e equipamentos instalados, precisamente para evitar a dispersão que se tem verificado. Aliás, o nosso concelho é um exemplo grande disto mesmo, acarretando enormes despesas e constrangimentos para conseguirmos dotar as moradias, que já existem, mas estão dispersas pelo concelho, com infraestruturas básicas como saneamento, água, eletricidade”, argumentou o edil, em declarações aos jornalistas, no final da Reunião da Câmara do passado dia 6 de maio.

Luís Miguel Albuquerque lembrou que “muitas das situações que estavam suspensas há uma série de anos, ficarão resolvidas” e reforçou a importância de “manter as zonas industriais já existentes”.

“Tivemos a preocupação de manter alguns espaços industriais que já existiam, mas que a CCDR dizia que se nada ali foi feito em 15 anos, significaria que não havia necessidade de os utilizar. Então queriam retirar alguns espaços urbanos, mas essa foi precisamente uma das nossas lutas para que pudéssemos manter as áreas industriais – e alargar algumas delas – porque estamos numa fase de crescimento. Aliás, temos procurado imprimir uma grande dinâmica empresarial no nosso concelho, e temos sido contactados por empresários que pretendem instalar-se nas nossas zonas industriais. Há condições para que possamos ter mais zonas industriais dentro das que já estão consolidadas”, garantiu.

O Chefe do Executivo anunciou ainda que a zona industrial da Freixianda vai continuar contemplada no PDM. “Essa foi outra das nossas lutas. O plano em vigor já contemplava uma zona industrial na Freixianda, mas como nada ali foi feito nestes anos todos, corria o risco de ser retirada. Conseguimos mantê-la porque entendemos que é muito importante para aquela zona do concelho, sobretudo porque permite combater a desertificação que existe ali naquela zona industrial.”

Aprovada em sede de Reunião da Câmara, para efeitos de discussão pública, a proposta de revisão do Plano Diretor Municipal foi, entretanto, apresentada ao Presidente da Assembleia Municipal de Ourém e aos representantes das assembleias e juntas de freguesia do concelho, numa sessão decorrida no Auditório do Edifício-sede do Município, logo após a sua aprovação.

 

Partilhar:

Veja também

Mapa do Site Acessibilidade CMOurém © 2019 - Todos os direitos reservados