EN FR PT ES

PPI para Ativação dos Meios de Socorro no concelho já está em vigor

18 Setembro, 2019

O Salão Nobre da Câmara Municipal de Ourém recebeu terça-feira, dia 17 de setembro, os representantes máximos das corporações de Bombeiros do concelho de Ourém (Ourém, Caxarias e Fátima), representantes nacionais e distritais da Autoridade Nacional de Proteção Civil e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), para a homologação final do Plano Prévio de Intervenção (PPI) para ativação dos meios de socorro no Município de Ourém.


Este instrumento destinado aos corpos de Bombeiros Voluntários existentes no concelho de Ourém vai possibilitar o desencadeamento sistematizado da resposta imediata a operações de proteção e socorro, garantindo assim uma melhor gestão integrada de recursos operacionais. Vai permitir também definir a atuação dos corpos de Bombeiros concelhios, no âmbito do sistema de proteção e socorro, segundo critérios de proximidade e disponibilidade imediata ao sinistro.

O Plano Prévio de intervenção define e operacionaliza a ativação imediata dos meios de socorro dos Bombeiros Voluntários existentes no concelho de Ourém, especificamente nas seguintes tipologias: acidentes rodoviários, emergência pré-hospitalar, incêndios urbanos/industriais e rurais. No que diz respeito aos incêndios rurais, prevalece o Plano de Operações Distrital, referente ao Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR), elaborado anualmente pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém. Relativamente à Autoestrada A1 e A13 imperam os Planos Prévios de Intervenção concebidos pela ANEPC.
O PPI de ativação dos meios de socorro no concelho de Ourém tem como objetivos o desencadeamento sistematizado de procedimentos de mobilização dos meios de socorro, perante uma situação de emergência nas diversas tipologias apresentadas, garantindo uma melhor gestão integrada de recursos; assegurar a mobilização, prontidão imediata e gestão de meios e recursos, garantindo o elevado nível de eficácia tendo em vista a proximidade ao sinistro e disponibilidade dos meios de socorro; socorrer as vítimas no menor tempo possível, coordenando os meios de socorro necessários para cada ocorrência de emergência pré-hospitalar.

Para cada tipologia (acidentes rodoviários, emergência pré-hospitalar, incêndios urbanos/industriais e rurais) foi estabelecida a mobilização de meios em função da distância das infraestruturas operacionais ao incidente, dos meios adequados de socorro, bem como a disponibilidade do piquete de socorro. Para o efeito foi realizada uma análise de redes com recurso ao sistema de informação geográfica, tendo-se utilizado como variáveis a classificação da rede viária do concelho de Ourém em conjugação com a altimetria, bem como a delimitação geográfica dos lugares e rede hidrográfica. Os meios a mobilizar foram obtidos pela proximidade ao incidente, localização geográfica de cada quartel ou secção destacada do corpo de Bombeiros e disponibilidade do piquete de socorro face às necessidades. Foram utilizadas as seguintes infraestruturas operacionais: quartel dos Bombeiros Voluntários de Caxarias, Fátima e Ourém, bem como as secções destacadas de Espite e Freixianda dos Bombeiros Voluntários de Ourém.


A revisão do Plano Prévio de Intervenção é feita de quatro em quatro anos ou se julgado conveniente pelo diretor do PPI (Presidente da Câmara Municipal). A revisão também poderá ocorrer sempre que seja necessário incorporar alterações consideradas pertinentes, fruto da sua aplicação em situações reais de emergência, ou caso se verifique mudanças de meios e localização de recursos disponíveis afetos ás corporações de Bombeiros Voluntários existentes no concelho de Ourém.

O Plano em causa foi elaborado pelo Município de Ourém, através do Serviço Municipal de Proteção Civil, e o Presidente da Câmara Municipal, Luís Miguel Albuquerque, dirigiu a sessão onde felicitou todos os intervenientes neste processo moroso, mas “muito importante para a melhoria da defesa e do socorro das pessoas do nosso concelho”.

Partilhar:

Veja também

Mapa do Site Acessibilidade CMOurém © 2019 - Todos os direitos reservados