EN FR PT ES

Intervenção do Presidente da Câmara por ocasião do Dia do Município

20 Junho, 2021

O Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Luís Miguel Albuquerque, proferiu, por ocasião da Cerimónia Solene do dia do Município de Ourém, a intervenção que apresentamos na íntegra:

 

•             Excelentíssima Senhora Secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Doutora Cláudia Pereira

•             Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Municipal de Ourém e Deputado da Nação, Engenheiro João Moura

•             Excelentíssimos Senhores Vereadores da Câmara Municipal de Ourém

•             Excelentíssimo Senhor Deputado da Nação, António Gameiro

•             Excelentíssimos Senhores Deputados da Assembleia Municipal de Ourém

•             Excelentíssimo Senhor Presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, Doutor Luís Pisco

•             Excelentíssimos Senhores Presidentes de Junta e Uniões de Freguesia do Concelho de         Ourém

•             Excelentíssimo Senhor Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar     de Leiria, Doutor Licínio de Oliveira Carvalho

•             Excelentíssimo Senhora Diretora Clínica do Centro Hospitalar do Médio Tejo, Doutora Ivone Caçador

•             Excelentíssima Senhora Diretora Executiva do Agrupamento de Centros de Saúde do               Médio Tejo, Doutora Diana Leiria

•             Excelentíssimo Senhor Secretário Executivo da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, Doutor Miguel Pombeiro

•             Excelentíssimos Senhores EX Presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal de Ourém aqui presente

•             Excelentíssima Senhora Coordenadora da Unidade de Cuidados na Comunidade,                 Enfermeira Fátima Lopes

•             Excelentíssimo Senhor Reitor do Santuário de Fátima, Reverendo Padre Carlos                   Cabecinhas

•             Excelentíssimos Senhores e senhoras Diretores das Escolas e dos Agrupamentos de Escolas do Concelho de        Ourém

•             Excelentíssimos Senhores representantes dos órgãos sociais e do corpo ativo das associações humanitárias dos Bombeiros Voluntários de Caxarias, Fátima e de Ourém

•             Excelentíssimos Senhores representantes das autoridades e forças de segurança que                                  atuam no nosso Concelho

•             Excelentíssimos Senhores Presidentes das associações comerciais e empresariais ACISO e NERSANT

•             Excelentíssimos Senhores Chefes de Divisão e Serviços da Câmara Municipal de Ourém

•             Excelentíssimos Senhores profissionais da Comunicação Social

•             Excelentíssimos Senhores Convidados

•             Oureenses

 

Minhas Senhoras, meus Senhores

Dou início a esta minha intervenção, felicitando, na qualidade de Presidente da Câmara Municipal de Ourém, todas as individualidades e as entidades que acabámos de homenagear, reiterando uma palavra de agradecimento pelo valioso contributo e pela relevância dos serviços prestados em prol da nossa comunidade.

É um agradecimento extensível, também, a todos os colaboradores e funcionários do Município de Ourém, pelo trabalho inexcedível, especialmente ao longo do último ano, período durante o qual todos nós tivemos de nos adaptar e reinventar para fazer frente a esta nova realidade.

Minhas Senhoras, meus Senhores

Dois anos depois, voltamos a celebrar Ourém e o seu Concelho com a dignidade que o Dia do Município exige. Ainda de máscara no rosto, mas bem longe do cenário bem mais cinzento de há um ano, quando a teimosia da pandemia nos proibiu de celebrar a preceito.

Saudemos, pois, a liberdade que recuperámos desde então, graças ao esforço conjunto de toda a população, mas também ao trabalho de milhares de profissionais da saúde, verdadeiramente incansáveis no socorro a milhões de portugueses. É também a eles, às instituições que servem, e a quem superiormente as dirige, que rendemos homenagem neste           Dia do Município.

A propósito de cuidados de saúde e pandemia, é de elementar justiça vincar o nosso mais profundo agradecimento a todos os profissionais de saúde, colaboradores e voluntários que tem contribuído para o sucesso em que resulta o processo de vacinação no Concelho de Ourém, nomeadamente através da atividade do Posto Municipal de Vacinação.

Na qualidade de Presidente da Câmara, cumpre-me expressar um agradecimento muito pessoal, na pessoa da Senhora Coordenadora do Centro de Vacinação de Ourém, Enfermeira Fátima Lopes.

Muito obrigado em nome do povo de Ourém!

Sem o empenho, a dedicação e paixão dos nossos profissionais da saúde, não estaríamos aqui hoje, a comemorar mais um Dia do Município de Ourém, numa data cuja importância sai reforçada pelo peso do 30.º aniversário da elevação de Ourém a Cidade. Um dia histórico, num ano verdadeiramente histórico.

Celebrar Ourém é celebrar os oureenses, prestando tributo a quem efetivamente o merece. Respeitando a história e cumprindo a tradição, voltei a ter o privilégio de, no exercício de funções enquanto Presidente da Câmara Municipal de Ourém, participar na imposição das distinções honoríficas a um conjunto de personalidades e instituições da nossa região, cujos valores e princípios contribuíram decisivamente para a evolução da nossa comunidade e para o desenvolvimento deste nosso Concelho de Ourém.

Minhas Senhoras, meus Senhores

Vivemos tempos difíceis, desafiantes e verdadeiramente marcantes. Há mais de um ano que lutamos contra uma pandemia que ninguém previa e que tomou o Mundo de surpresa.

Acreditamos que o pior já lá vai, mas não deveremos baixar a guarda, sob pena de podermos assistir a um retrocesso, que infelizmente já se verifica em algumas zonas do País

Nunca esqueceremos, porém, o cenário verdadeiramente dramático com que nos deparámos no início deste ano, quando os números de casos positivos voltaram a subir, quando a escalada da pandemia resultou em inúmeros óbitos verificados neste nosso Concelho de Ourém, quando todo o esforço despendido até então, parecia resultar em vão…

Mais uma vez, os portugueses em geral e os oureenses em particular, souberam reconhecer a urgência do contexto e a importância de combater este desafio, acatando todas as normas e recomendações sanitárias e contribuindo para a redução gradual do número de casos positivos.

Do esforço coletivo de toda a comunidade e do profissionalismo exemplar dos profissionais da saúde, resultou aquilo que agora se afigura como uma luz ao fundo do túnel. A bonança depois da tempestade, a luz após a escuridão.

Resulta desta aliança que, aos dias de hoje, o número de casos positivos no nosso território seja residual, voltando este nosso Concelho a ser encarado como um local seguro, bem longe das linhas vermelhas que pisámos no passado recente, com as restrições que todos conhecemos e os prejuízos com os quais ainda nos debatemos. Mas, mais uma vez deixo o apelo, devemos todos continuar a cumprir escrupulosamente todas as regras sanitárias e as orientações da Direção-Geral da Saúde.

Neste contexto, permitam-me que sublinhe o papel do Município de Ourém e o contributo da Câmara Municipal no apoio às famílias, empresas e demais instituições presentes. Sempre na medida das nossas possibilidades, procurando não deixar nada nem ninguém pelo caminho. A todos procurámos apoiar. A todos procurámos servir.

Minhas Senhoras, meus Senhores

Permitam-me, também, que manifeste orgulho no trabalho que temos vindo a realizar, sobretudo por resultar claro que, ao quarto ano deste mandato, possamos estar em condições de afirmar, que o Município de Ourém não teria conseguido responder de forma tão cabal e eficaz, aos desafios que esta pandemia nos continua a colocar.

Só em apoios concedidos a famílias, empresas e instituições, o Município de Ourém já investiu mais de 3 milhões de euros, e as contas estão ainda longe de estar fechadas. É um montante tremendo, que torna a Câmara Municipal de Ourém numa referência regional e nacional em termos de apoios financeiros e logísticos concedidos à comunidade, desde março do ano passado. Apoios esses que continuamos e continuaremos a conceder às nossas famílias, às

nossas empresas e às demais instituições do nosso Concelho, enquanto sentirmos que ainda nos constituímos como o principal apoio da comunidade nesta hora de maior necessidade.

Sem a gestão rigorosa que implementámos desde o primeiro dia do nosso mandato, a resposta que o Município de Ourém tem conseguido dar face à pandemia, não teria atingido tamanha dimensão, nem tinha chegado a tantas famílias, empresas e instituições.

Não obstante o cenário pandémico, acreditamos que soubemos preparar o futuro. Fácil teria sido refugiar-nos no dramatismo deste contexto para justificarmos a não-execução de projetos estruturantes. Pelo contrário! Preferimos respeitar o compromisso que nos move, apesar das várias opiniões contrárias que fomos ouvindo aqui e ali. Hoje, com a distância devida, é com sentimento de realização que percebemos que o tempo nos deu razão.

Minhas Senhoras, meus Senhores

Os apoios que concedemos foram e serão destinados aos oureenses, como também aos que elegeram o nosso Concelho como local de eleição para viver. Seja por vontade própria ou por imposição da conjuntura de cada um. É esse o caso das famílias de migrantes e refugiados que acolhemos no nosso território, junto das quais trabalhamos em articulação com as demais entidades envolvidas, no sentido de minorar carências, defendendo e integrando crianças, jovens e adultos na nossa comunidade.

Aproveito a presença da Senhora Secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Doutora Cláudia Pereira, que muito nos honra por ter acedido a este nosso convite, para garantir, em nome do Município de Ourém, que os oureenses continuarão a saber receber e a integrar todos quantos os que elegerem esta nossa terra para reconstruir as suas vidas.

É precisamente neste contexto que assinamos, o protocolo de adesão à Rede Nacional de Centros Locais de Apoio à Integração de Migrantes.

Minhas Senhoras, meus Senhores

O Dia do Município que hoje celebramos, reveste-se de especial importância por decorrer no preciso ano em que comemoramos 30 anos sobre a elevação da antiga Vila Nova de Ourém a Cidade de Ourém.

A importância do momento obrigou-nos a um esforço no sentido de oferecer uma programação digna de um 30.º aniversário, sem comprometer a saúde pública nem colocar em causa o rigoroso cumprimento das medidas e restrições em vigor.

É uma programação ampla, multicultural e transversal a todas as idades. Está em marcha praticamente desde o início do ano e assim continuará nos próximos meses.

•         O ciclo de conversas “Ourém – Olhares sobre a nossa Cidade”

•         O concurso de Fotografia “Ourém – A Minha Cidade”

•         As exposições artísticas e culturais de artistas que muito bem representaram e representam Ourém, como Américo de Frias, Artur Franco e Roberto Chichorro

•         A oferta de uma placa alusiva a este 30.º aniversário aos estabelecimentos comerciais da Cidade, cuja respetiva decoração contribuiu para o embelezamento do comércio local e, por consequência, da própria cidade

•         A “Caminhada dos 30 anos da Cidade de Ourém”

•         O ciclo de conferências “Ourém 2041”

·         O festival “Saudades do Sabor”, a realizar em setembro, um mês dedicado à gastronomia, numa iniciativa que pretendemos consolidar ao longo dos próximos anos, projetando a imagem de Ourém pelo país.

Paralelamente a todas estas iniciativas e seguramente não menos importante, continuamos a preparar a Cidade para os próximos 30 anos, nomeadamente através da conceção e execução do Plano de Urbanização de Ourém, um documento estratégico que vem colmatar uma lacuna, oferecendo-nos uma ferramenta que nunca existiu, e que tem impedido um crescimento estruturado e sustentado desta nossa Cidade de Ourém.

Minhas Senhoras, meus Senhores,

O Concelho de Ourém é hoje um território de referência a nível regional, que vai trilhando o seu caminho e construindo alicerces para se tornar, também, num Município de primeira linha a nível nacional.

Os passos que demos num futuro recente são prova evidente de uma estratégia que definimos, precisamente por a entendermos como fundamental para a prossecução deste objetivo.

Consideramos exemplo de obras relevantes e estruturantes para o desenvolvimento sustentável do nosso Concelho:

A reconversão do antigo Cineteatro neste moderno Teatro Municipal de Ourém, onde hoje nos encontramos, uma obra merecedora de elogios das mais altas instâncias e que a todos tanto nos orgulha

 

•             A requalificação da Vila Medieval de Ourém, cada vez mais próxima da sua conclusão

•             A construção da Ecovia Fátima/Ortiga, que haveremos de inaugurar a 6 de julho

•             O Passadiço do Agroal, que vamos inaugurar esta tarde

•             A requalificação da Estrada da Loureira, em Fátima

•             A ligação da Zona Industrial de Ourém ao IC9

•             A requalificação do Jardim de Le Pléssis-Trevise

•             A conclusão da 1.ª fase de expansão do Parque da Cidade

•             A requalificação de edifícios antigos em unidades de saúde modernas, como as que inauguramos esta quarta feira, em Alburitel, Olival, Sobral e Vilar dos Prazeres, sem esquecer que já estão em fase adiantada os procedimentos que resultarão nas novas unidades de saúde de Caxarias e de Rio de Couros

•             A construção e inauguração do Centro Escolar de Carvoeira

•             O início dos procedimentos para a construção dos futuros centros escolares de Atouguia e de Fátima-Sul

•             A requalificação dos centros escolares e de inúmeras escolas espalhadas um pouco por todo o Concelho

•             A requalificação da Rua Dr. Neves Eliseu e da Rua Dr. Francisco Sá Carneiro, precisamente onde nos encontramos agora e que vai renovar e modernizar por completo toda esta zona, ligando-a ao Parque da Cidade, através de uma ecovia. Aliás, aproveito esta oportunidade para anunciar, publicamente, que esta obra terá início já no próximo mês de setembro.

•             As empreitadas de saneamento que decorrem um pouco por todo o Concelho, realizadas ao abrigo da adesão de Ourém à nova empresa intermunicipal Tejo Ambiente, que nos permite a oportunidade única de aceder a milhões de euros em fundos, sem os quais não conseguiríamos fazer subir a taxa de cobertura da rede de saneamento de 47 por cento para 60 por cento.

•             A requalificação da rede viária, extensível a praticamente todo o Concelho

A todas estas empreitadas de especial relevo, permitam-me que acrescente todas as intervenções que o Município de Ourém executou ao longo dos últimos anos, através da força do trabalho brioso das suas Brigadas Municipais, cuja ação muito contribuiu para o embelezamento das cidades de Ourém e de Fátima, tornando todo o nosso Concelho mais aprazível e seguro.

Minhas Senhoras, meus Senhores,

Concluo esta minha intervenção, reforçando um agradecimento muito especial a todos os profissionais da saúde que combatem a pandemia desde a primeira hora, com prejuízos claros para as suas vidas pessoais e para as suas famílias. E permitam-me que estenda este agradecimento a todos os profissionais das forças de segurança e proteção civil, também pelo empenho e dedicação ao serviço público.

Será também de elementar justiça reconhecer e agradecer à comunidade oureense, pelo cumprimento das normas em vigor, mas sobretudo por nunca ter deixado de lutar pelas suas famílias, pelos seus postos de trabalho, pelas nossas instituições sociais, contrariando as dificuldades impostas pela pandemia, na mais bela lição de altruísmo e sentido de responsabilidade.

Muito obrigado a todos!

Viva o Município de Ourém!

Partilhar:

Veja também

Mapa do Site Acessibilidade CMOurém © 2021 - Todos os direitos reservados