EN FR PT ES

Autarquia e autarcas oureenses entre os confrades de mérito da nova Confraria da Vila Medieval de Ourém

30 Junho, 2022

O Paço dos Condes do Castelo de Ourém acolheu, esta quinta-feira, a cerimónia de entronização da Confraria do Vinho Medieval de Ourém, na presença de inúmeras personalidades envolvidas na instituição da DOP [Denominação de Origem Protegida] Medieval de Ourém e na promoção e defesa deste produto histórico e endógeno.

Entronizada pela Confraria do Arinto de Bucelas, a Confraria Medieval de Ourém conta 22 Confrades Fundadores e oito Confrades de Mérito. António Manuel Lopes, presidente da VitiOurém, é o Grão Mestre.

A Câmara Municipal de Ourém foi elevada ao estatuto de Confrade de Mérito, pelo papel de relevo em todo o processo de criação da DOP Medieval de Ourém e também pelo contributo ativo na projeção do Vinho Medieval de Ourém, no presente e no passado.

Neste contexto, foram igualmente entronizados antigos autarcas oureenses com intervenção considerada fundamental ao longo de todo este processo: Armando Neto, David Catarino, Mário Albuquerque e Sérgio Ribeiro também são Confrades de Mérito. Carlos Duarte, antigo Secretário de Estado da Agricultura, também foi entronizado Confrade de Mérito, por ter sido um dos grandes impulsionadores da aposta no Vinho Medieval de Ourém.

A Confraria do Vinho Medieval de Ourém foi criada pela VitiOurém, uma associação vitivinícola criada em 2000 e composta por 10 associados ativos na produção do Vinho Medieval de Ourém.

Partilhar:

Veja também

Mapa do Site Acessibilidade CMOurém © 2022 - Todos os direitos reservados