EN FR PT ES

ACISO admite impacto negativo do Covid-19 no sector hoteleiro de Fátima

5 Março, 2020

Purificação Reis, Presidente da ACISO – Associação Empresarial Ourém-Fátima, reconheceu que que o surto de Covid-19 está a ter impacto negativo no sector hoteleiro da Cidade-Santuário, mais precisamente ao nível do “cancelamento de reservas e de viagens”.

“Está a ter impacto em Fátima e fora de Fátima, tanto em termos nacionais como internacionais”, assumiu Purificação Reis, em declarações à Agência Lusa, garantindo que a ACISO “está muito atenta ao desenrolar da situação” em Portugal. “No mês de maio, terá impacto ao nível de reservas, nomeadamente no que se refere a grupos organizados”, admite, antecipando consequências negativas no período de maior fluxo de peregrinos ao Santuário de Fátima.

Purificação Reis abordou o tema, esta quinta-feira, à margem da Sessão de Abertura da 8.ª edição dos Workshops Internacionais de Turismo Religioso, a decorrer entre Fátima e Guarda, até sábado.

Não obstante o número de casos entretanto oficializados em Portugal, a Câmara Municipal de Ourém apela à tranquilidade da população, recomendando o rigoroso cumprimento das medidas preventivas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde.

Partilhar:

Veja também

Mapa do Site Acessibilidade CMOurém © 2020 - Todos os direitos reservados