EN FR PT ES

Intervenção do Presidente da Câmara Municipal na abertura do 7.º IWRT

7 Março, 2019

Intervenção do Presidente da Câmara Municipal de Ourém na abertura do 7.º Workshop Internacional de Turismo Religioso (07 de março de 2019)

“Começo por vos dar as boas vindas ao nosso concelho, em particular à cidade de Fátima e agradecer-vos a presença neste acontecimento tão especial, durante o qual poderão conviver e trabalhar, num contexto muito relevante e significativo para o nosso Município e em particular para Fátima, a “cidade da paz”.

Voltamos a encontrar-nos para mais uma edição do Workshop Internacional de Turismo Religioso, que vai na sua 7ª edição e a vossa presença no Município de Ourém e particularmente na cidade de Fátima, constitui um prazer renovado e redobrado para nós, que temos a honra de ter nascido e viver num Município que integra no seu seio um símbolo universal, cujo nome, em apenas um século, se transformou numa referência viva da espiritualidade e da fé, em Portugal e em todo o Mundo.

Como todos sabemos, esta edição, além do Turismo Católico, acrescenta, uma vez mais, o Turismo de Herança Judaica, na Guarda, sendo organizado pela ACISO – Associação Empresarial Ourém-Fátima, contando com o apoio do Programa Operacional Regional do Centro, da Câmara Municipal de Ourém, Câmara Municipal da Guarda, Turismo do Centro e Turismo de Portugal.

Aos empresários turísticos de Ourém e Fátima e à sua associação representativa – a ACISO – uma saudação calorosa de parabéns pela competência, visão profissional e capacidade organizativa, complementada pela colaboração técnica e muito profissional dos serviços do Município, que se dedicaram à causa da organização desta iniciativa.

O empenho colocado em desenvolver atividades de criação de riqueza no concelho de Ourém e a consistência da aposta que fazemos numa estratégia dirigida à promoção internacional de Fátima, no âmbito do Turismo Religioso, evidenciam, que também aqui, o futuro depende essencialmente de nós, das nossas capacidades, da nossa ambição e do trabalho de todos.

O Município de Ourém reconhece e valoriza o esforço desenvolvido pelos empresários e apoia as iniciativas programadas pela sua Associação Empresarial e é nessa linha, que nos preparamos para estabelecer um novo protocolo de colaboração entre o Município de Ourém e a ACISO, nos termos e moldes habituais, pois entendemos que o nível de atividade e de prosperidade da nossa terra depende de uma séria e transparente cooperação entre diferentes protagonistas: empresas, empresários e responsáveis pelas políticas públicas.

A ACISO e os hoteleiros do Município de Ourém e de Fátima, em particular, poderão continuar a contar com o apoio institucional do poder local, na organização das suas atividades promocionais e nomeadamente na organização das futuras edições do Workshop Internacional de Turismo Religioso, que assumem, para além dos objetivos materiais, decorrentes da atividade empresarial, a divulgação e a dinamização da mensagem de Fátima por todo o Mundo.

Se os negócios são hoje encarados numa escala que transcende as fronteiras, no caso do turismo religioso podemos certamente convergir na ideia de que devemos pugnar pelo bem-estar, o conforto, a segurança e a tranquilidade de quem nos visita e que, assim, pretende cumprir a sua jornada peregrina, ao Santuário de Fátima.

Não posso deixar de expressar aqui, a minha satisfação pela apresentação dos recentes dados estatísticos avançados pelo Santuário de Fátima, que remetem para o acolhimento de 7 milhões de visitantes em 2018, o que sendo por si significativo, revela o quanto esta realidade social e religiosa que é Fátima, continua a assumir no todo nacional e em particular na esfera do turismo religioso.

A presente edição do Workshop Internacional de Turismo Religioso vai na sua sétima edição, o que revela já ter créditos firmados, quanto à sua reputação internacional no setor do turismo, tendo vindo a crescer, tanto no contexto da participação profissional, como por todos os que manifestam interesse neste contexto e muito pelo impacto que assume na  economia do nosso concelho.

Consideramos este evento, como uma âncora da estratégia turística para o concelho de Ourém e um elemento relevante para desenvolver uma reflexão séria, mas mobilizadora, quanto à melhor forma de multiplicarmos e enriquecermos as razões fundamentais que possam congregar a atração e a satisfação de quem nos visita.

Minhas Senhoras e meus senhores, Excelências:

A presença neste 7º Workshop Internacional de Turismo Religioso de uma numerosa e qualificada representação de operadores turísticos internacionais é uma oportunidade de excelência, para firmar acordos e projetos comerciais, mas também para saber escutar chamadas de atenção, que nos ajudem a construir soluções cada vez mais ajustadas ao mercado, necessariamente interessantes e potencialmente sustentáveis.

É também por isso, que o Município de Ourém continuará a pugnar pela divulgação universal da Mensagem de Fátima, propiciando as melhores condições de acolhimento aos peregrinos e visitantes, estando, para o efeito a promover um conjunto de investimentos avultados, que irão contribuir para melhorar a qualidade de vida, não apenas dos que aqui residem, mas, em grande medida, dos que nos visitam.

Aproveito para saudar também a feliz coincidência da realização nesta cidade da Conferência Internacional das Cidades-Santuário, subordinada ao tema “Experiências, Lugares e Redes de Turismo Religioso e Peregrinação na Europa”, incorporando como objetivos

·     A reflexão e o debate sobre as características comuns e os fatores de diferenciação das várias cidades-santuário envolvidas;

·     A contribuição para uma gestão mais sustentável dos recursos dos lugares em causa;

·     A promoção de um acolhimento mais inclusivo nas cidades recetoras destes fluxos;

·     A apresentação dos principais desafios e oportunidades para o turismo religioso e a peregrinação na Europa, repensando-os numa ótica prospetiva.

·     E, finalmente, a criação de uma rede científica interdisciplinar com plataformas (virtuais e físicas) de investigação colaborativa.

Minhas Senhoras e meus Senhores, Excelências:

Temos a firma convicção, de que a atividade turística, no espaço do Município de Ourém, não poderá, nem deverá ser, apenas um negócio, mas, marcadamente, uma vocação.  Só assim saberemos tirar partido do que já temos, do que construímos e do que os nossos antepassados nos legaram, cumprindo-me destacar aqui, a colaboração prestada pelo Santuário de Fátima, na construção de toda esta realidade objetiva.

Espero, que embebidos nesta mensagem universal de paz, levem para vossas casas e uma vez mais, um bocadinho de Fátima e do que ela representa, nos vossos corações.

Até sempre e Muito Obrigado.

Partilhar:

Veja também

Mapa do Site CMOurém © 2019 - Todos os direitos reservados