EN FR PT ES

Capela de São Sebastião terá projeto de reabilitação

8 Agosto, 2019

O Executivo Municipal tomou recentemente conhecimento das conclusões do estudo de inspeção e diagnóstico realizado à Capela de São Sebastião, ícone histórico, turístico e religioso do concelho de Ourém, votado há séculos ao abandono.

Luís Miguel Albuquerque, Presidente da Câmara Municipal de Ourém, reforçou a intenção de “recuperar o espaço e torná-lo num polo turístico capaz de atrair o turismo de Fátima.

“Andamos há anos a falar na recuperação da Capela de São Sebastião, mas essa reabilitação nunca aconteceu. Quando este Executivo iniciou o processo, entendeu-se que devíamos contratar uma empresa que pudesse identificar o estado da ruína, que nos dissesse o que devemos fazer no imediato, de forma a que nos pudéssemos preparar para avançar com um projeto de execução para recuperar e requalificar o espaço”, explicou o autarca, sublinhando que o local “representa muito para a história de Ourém e de Portugal porque foi ali que reuniram as tropas de Dom Nuno Álvares Pereira antes da partida para a Batalha de Aljubarrota”.

Segundo a empresa responsável pelo estudo realizado, esta “campanha de inspeção e diagnóstico permitiu caracterizar o sistema construtivo, com especial ênfase na estrutura e identificação das anomalias e respetivas causas, informações que servirão de base de apoio ao projeto de reabilitação/requalificação”.

Ciente das conclusões deste estudo e disposta a avançar com a execução da obra, a Câmara Municipal de Ourém dará início aos procedimentos necessários para a elaboração de um projeto para o efeito, admitindo recorrer a eventuais avisos comunitários futuros para financiar esta intervenção.

Situada em São Sebastião, na freguesia de Atouguia, a montante da Vila Medieval de Ourém e com vista para o seu Castelo, relatos históricos indicam que foi ali que pernoitaram as tropas de Dom Nuno Álvares Pereira e Dom João I, em agosto de 1385, em plena marcha para a Batalha de Aljubarrota.

A ação nefasta do tempo, os ataques resultantes das invasões francesas e o abandono a que foi votada pelo Homem, contribuíram decisivamente para o estado de ruína em que a Capela de São Sebastião se encontra desde o século XVII. Ora é precisamente esse estado de ruína que o Município de Ourém se compromete a corrigir.

Partilhar:

Veja também

Mapa do Site Acessibilidade CMOurém © 2019 - Todos os direitos reservados