Mainnav Content Mainbody
Reduzir fonte Letra tamanho normal Aumentar fonte

ABERTURA OFICIAL DO ANO LETIVO 2018/2019 EM OURÉM

O Município de Ourém promoveu a “Abertura Oficial do Ano Letivo 2018/2019” como ponto de partida para o ano escolar que agora inicia, iniciativa dirigida ao pessoal docente e não docente nos dias 6 e 7 de setembro. O Cineteatro Municipal de Ourém acolheu estes intervenientes fundamentais para o sucesso de qualquer projeto educativo, num momento onde o Presidente Luís Miguel Albuquerque, além de transmitir uma palavra de estímulo e confiança para todos, assegurou que “estamos a fazer um grande esforço para que as condições de aprendizagem das nossas crianças sejam melhoradas e contamos com a cooperação imprescindível de todos”.

De facto, o ano letivo que agora tem início contempla um conjunto de medidas implementadas pelo atual executivo camarário, representantes autárquicos que pretendem “continuar a trabalhar e a apoiar toda a Comunidade Educativa, na procura constante de consensos e apoiando projetos capazes de promover o sucesso escolar e social dos nossos alunos”, afirmou o Presidente da Câmara. Luís Miguel Albuquerque garantiu ainda, perante uma plateia repleta de docentes, assistentes operacionais e técnicos de todos os estabelecimentos escolares do concelho, que “continuaremos a procurar promover uma cultura de diálogo, de participação, de partilha e de responsabilização de todos e com cada um de vós que são parte estruturante do nosso projeto educativo”.

O sucesso de qualquer projeto educativo depende do compromisso e empenho de todos os intervenientes e o “Município como parte integrante de todo o processo, está a fazer um grande esforço para vos proporcionar melhores condições de trabalho e é por isso que está a investir cerca de 700 mil euros na requalificação de muitas das escolas do nosso concelho, que há muitos anos careciam de melhoramentos”. Este conjunto de procedimentos contempla intervenções já finalizadas, em curso e outras ainda por iniciar, situação para a qual o Presidente da Câmara Municipal apelou à compreensão de todos tendo em conta os constrangimentos que poderão surgir no início do ano letivo.

Além das intervenções que vão permitir requalificar e beneficiar os vários estabelecimentos escolares do concelho, Luís Miguel Albuquerque salientou os esforços desenvolvidos pela autarquia para responder às carências materiais e humanas existentes, nomeadamente a substituição de computadores obsoletos e a abertura de dois procedimentos (um já concluído e outro em fase de conclusão) para o recrutamento de 21 assistentes operacionais. Está também em curso, no âmbito do programa PEDIME, a contratualização de técnicos superiores na área da psicologia, nutrição e terapia da fala, de acordo com as necessidades levantadas nos diversos planos de promoção do sucesso escolar. O Presidente da Câmara Municipal garantiu aos presentes estar atento e focado em proporcionar “as melhores condições possíveis, para que o vosso trabalho possa ser desenvolvido da melhor forma” e os alunos os primeiros a beneficiar de tais medidas.

O ano letivo que agora inicia terá também novidades no que aos transportes escolares diz respeito, já que a autarquia defende um maior rigor e igualdade de tratamento dos alunos, privilegiando os transportes para os estabelecimentos de ensino do concelho. Entrarão também em vigor alguns ajustes na gestão das Atividades de Enriquecimento Curricular e nos apoios concedidos no âmbito da Ação Social Escolar, nomeadamente com as comparticipações municipais para fichas escolares de apoio, material escolar e visitas de estudo.

A “Abertura Oficial do Ano Letivo 2018/2019” teve como tema a “Flexibilidade para a inclusão”, assunto de grande relevância para Luís Miguel Albuquerque que defendeu a necessidade de “oferecer aos nossos jovens espaços e condições para “saírem da casca” e capacitá-los com as competências e ferramentas necessárias para que almejem o conhecimento e a felicidade neste mundo global, competitivo e em constante mutação”. Lembrou ainda que “devemos incluir todos neste processo, sem deixar ninguém para trás, sob pena de nos tornarmos uma sociedade destituída de valores e princípios”. Neste contexto, a sessão foi abrilhantada por dois espetáculos promovidos pelo CRIO – Centro de Reabilitação e Integração Ouriense e CRIF - Centro de Reabilitação e Integração de Fátima, momentos que antecederam as comunicações de José Oliveira sobre “Relações interpessoais em contexto escolar” (dirigida ao pessoal não docente), e de Marisa Carvalho e Ana Cláudia Cohen sobre os “Desafios na implementação da abordagem multinível e da flexibilidade curricular em contexto escolar” (dirigidas ao pessoal docente). A sessão encerrou com uma homenagem simbólica aos docentes recém aposentados, nomeadamente Sérgio Poupado, Rosa Alves e Gracelinda Marques, e com um agradecimento do Presidente da Câmara Municipal pelo “muito que deram às nossas crianças e jovens”, com votos das “maiores felicidades para a nova etapa da vossa vida”.

Esta iniciativa que enaltece o papel do pessoal docente e não docente no percurso de vida dos alunos, teve organização do Município de Ourém e do centro de formação “Os Templários” e contou com a participação dos Vereadores Natálio Reis, Isabel Costa, Rui Vital e Cília Seixo, além do Presidente da Assembleia Municipal, João Moura.

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Aceitar utilização de cookies. Politica de privacidade.