Mainnav Content Mainbody
Reduzir fonte Letra tamanho normal Aumentar fonte

REDE DE CIDADES-SANTUÁRIO REFORÇADA COM MAIS UM PARCEIRO

A cidade suíça de Einsiedeln integra formalmente o projeto Shrines of Europe, juntando-se às cidades de Altötting (Alemanha), Czestochowa (Polónia), Lourdes (França), Loreto (Itália), Mariazell (Áustria) e Fátima.


Esta adesão tinha sido aprovada pelos parceiros em reunião realizada em setembro de 2016 na cidade de Czestochowa. Agora, em cerimónia realizada no passado dia 18 de setembro, no Salão Nobre do Mosteiro desta cidade, foi assinada a declaração de adesão formal de Einsiedeln ao grupo de cidades-santuário.
Einsideln é um município com cerca de 15 mil habitantes, pertencente ao cantão de Schwyz, que tem associado à sua fundação o monge eremita S. Meinrad que para estas terras se deslocou na busca de isolamento e aqui viveu, nas encostas do monte Etzel, até à sua morte em 861.
Cerca de oitenta depois, o monge Eberhard iniciou a construção de um mosteiro e uma igreja dos quais se tornou o primeiro abade. Seguindo uma visão milagrosa de Eberhard, a nova igreja foi dedicada à Virgem Maria.
Com a fundação da abadia, inicia-se uma comunidade dedicada à agricultura e à criação de gado. Assente nesta abadia beneditina, Einsiedeln é um destino turístico muito popular na Suíça. Considerado o maior local de peregrinação nacional dedicado à Virgem Maria e um dos mais relevantes locais de peregrinação da Europa.
Desde a Idade Média, a Capela das Graças e a estátua da Virgem Negra constituem os elementos centrais de peregrinação para milhares de peregrinos que se deslocam a Einsiedeln. Além de local de peregrinação, a cidade Einsiedeln é também destino para os amantes da natureza e os praticantes de desportos de inverno. Nesta região existem diversas estâncias de ski e Einsiedeln tem a sua própria pista de saltos.
Recorde-se que o Shrines of Europe é um grupo de trabalho que integra as cidades que possuem Santuários Marianos e que se constituem como dos maiores destinos de peregrinação da Europa.

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Aceitar utilização de cookies. Politica de privacidade.