Mainnav Content Mainbody
Reduzir fonte Letra tamanho normal Aumentar fonte

CÂMARA DÁ BOAS VINDAS AO PESSOAL DOCENTE E NÃO DOCENTE

Decorreu nos dias 06 e 07 de setembro a cerimónia de abertura do ano letivo, uma iniciativa do Município de Ourém dividida em dois momentos, um destinado ao pessoal docente e outro ao pessoal não docente.
Ao longo dos dois dias tiveram lugar momentos culturais e várias conferências relacionadas com o sistema educativo.
Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal de Ourém, Paulo Fonseca, comparou o sistema educativo a uma casa sustentada por quatro pilares. “O Município, enquanto responsável máximo desta organização, o pessoal docente, o pessoal não docente e as famílias”, reforçando que “só há uma forma desta casa se manter viva e cumprir a sua função. Com uma boa ligação entre os pilares”. Para Paulo Fonseca, “é absolutamente fundamental que cada um dos pilares exerça o seu papel com empenhamento e dedicação”, estando convicto de que mesmo num tempo de grande mudança e transformação “o sistema educativo no concelho funciona bem”.
Nesta circunstância, Paulo Fonseca anunciou que o Município lançou um concurso para 20 vagas de pessoal não docente para reforçar os vários estabelecimentos, referindo também a construção de um novo centro escolar em Caxarias.
Nas suas intervenções ao longo dos dois dias, Paulo Fonseca lembrou que “cada vez menos o aluno é somente o produto das matérias que são dadas, sendo “cada vez mais é o resultado de uma complexa equação com vários fatores”.
Referiu ainda um dos principais eixos de desenvolvimento do concelho, a internacionalização, desafiando as escolas que promovem programas como o Erasmus+ a escolherem para os seus intercâmbios as cidades geminadas com Ourém.
Ao pessoal docente e não docente, Paulo Fonseca deixou ainda uma palavra de estímulo e de ambição para que “possamos fazer de cada dia uma aprendizagem”, pois “o futuro do nosso concelho está nas nossas e nas vossas mãos.”
Deolinda Simões, presidente da Assembleia Municipal e professora aposentada, dirigiu-se aos presentes agradecendo a “todos vocês que no vosso dia a dia ajudam os nossos filhos a serem os homens e as mulheres de amanhã”.

PROMOÇÃO DO CONHECIMENTO E DOS VALORES CULTURAIS DO CONCELHO
Ao longo dos dois dias teve lugar um diverso programa de conferências que abordaram diversas temáticas da educação, intercalando com momentos artísticos dinamizados pela Escola de Dança da Academia de Música Banda de Ourém e pela Academia de Dança Arabesque.


O primeiro dia de trabalho contou com intervenções dos diretores dos agrupamentos de escolas que falaram da sua perspetiva sobre os recursos humanos não docentes, reforçando a necessidade de trabalho de equipa para manter o bom funcionamento das instituições.
Neste dia teve lugar ainda uma palestra sobre Mediação de Conflitos em Contexto Escolar, apresentada pela psicóloga Ana Mafalda Branco.
O segundo dia da iniciativa, dedicado ao pessoal docente contou com as intervenções da diretora do Centro de Formação "Templários", Agripina Vieira e com as seguintes conferências: "Flexibilização Curricular", pelo professor José Augusto Pacheco, da Universidade do Minho; "O Plano Nacional de Leitura, o Livro e a Leitura", pela professora Teresa Calçada, Comissária do Plano Nacional de Leitura; "Novos desafios tecnológicos na Escola", pela professora Ana Amélia Carvalho da Universidade de Coimbra; "Ideia para uma escola do século XXI", pela professora Maria Dulce Gonçalves, da Universidade de Lisboa e “Burnout e Fadiga na Profissão Docente", pela Dra. Joana Duarte, do Centro de Estudos e Intervenção Cognitivo Comportamental.
No final houve ainda um momento dedicado aos docentes aposentados, terminando a cerimónia com a intervenção da presidente da Assembleia Municipal, Deolinda Simões.

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Aceitar utilização de cookies. Politica de privacidade.