Mainnav Content Mainbody
Reduzir fonte Letra tamanho normal Aumentar fonte

MUNICÍPIO DE OURÉM PARTICIPA NA INVTUR 2017

Realizou-se ontem, dia 18 de maio, na Universidade de Aveiro, o workshop "Os Desafios do Turismo Religioso em Fátima pós Celebrações do Centenário das Aparições", no âmbito da conferência internacional INVTUR 2017.

O workshop contou com moderação da professora Graça Poças Santos, do Instituto Politécnico de Leiria, e o painel de oradores foi composto pelo Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Paulo Fonseca, Pedro Matias em representação do Turismo de Portugal, o Diretor Executivo da Insignare, Francisco Vieira, o Vice-presidente da ACISO, Alexandre Marto, e o professor Carlos Costa da Universidade de Aveiro.

Perante uma plateia de professores, investigadores e alunos de todo o mundo, este workshop possibilitou uma reflexão sobre o trabalho levado a cabo no plano da internacionalização e da promoção de Fátima e perspetivar os desafios e as oportunidades que emergem no futuro. Para esta análise foi unânime o impacto que proporcionou a vinda do Papa Francisco a Fátima e a opinião generalizada da boa imagem transmitida em termos de organização.

O Presidente Paulo Fonseca salientou “que este momento deve ser encarado como um ponto de partida” tendo em conta a “visibilidade e reconhecimento que Fátima não tinha antes”. Defendeu ainda que “novos projetos devem ser dinamizados, como os Caminhos de Fátima enquanto projeto de reforço da mobilidade de um cada vez maior número de pessoas”.

Alexandre Marto salientou os benefícios diretos deste evento ao nível económico e da projeção do destino, enquanto Francisco Vieira referiu a necessidade de continuar o esforço de promoção internacional junto de mercados considerados estratégicos, estejam eles já consolidados ou ainda em desenvolvimento. Realçou também que “um dos grandes desígnios de Fátima é a capacidade de receção dos peregrinos e turistas, sendo para isso importante a necessidade de continuar a apostar na formação dos profissionais”.

O professor Carlos Costa enalteceu a parceria entre o Município de Ourém e a Universidade de Aveiro no estudo e reflexão sobe os caminhos de futuro e a abordagem ao projeto de internacionalização do Município, referindo que “Fátima é o principal polo de desenvolvimento da Região Centro, enquanto capital de religiosidade”, mas a diversidade da região dificulta a promoção internacional e a afirmação da Região Centro.

Para o representante do Turismo de Portugal este é um momento de celebração mas também deve ser de reflexão e de crítica. Para isso em muito contribui o projeto do Turismo de Portugal “Estratégia 2027” que visa apontar caminhos que levem à desconcentração da procura, redução da sazonalidade, sustentabilidade do turismo e redução da litoralização do país ao nível do turismo.

Durante a INVTUR 2017, a convite da Universidade de Aveiro, o Município de Ourém dispõe de um stand promocional com vista à divulgação das suas potencialidades turísticas e atividades junto da comunidade científica internacional, muito particularmente o Congresso Internacional de Turismo Religioso e Peregrinação, a realizar em Fátima, nos dias 22 e 23 de novembro, numa parceria com a Organização Mundial de Turismo.

Página oficial da INVTUR 2017: https://www.ua.pt/invtur/

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Aceitar utilização de cookies. Politica de privacidade.